Estratégias para motivar equipes na pandemia
Este texto não vai trazer fórmulas ou respostas simples. Afinal de contas, o cenário imposto pelo coronavírus é inédito para o planeta todo. 
E é seguro dizer que a pandemia afetou praticamente todos os países do mundo, e o cotidiano de pessoas em cidades grandes, cidades pequenas e também no campo. Estamos todos buscando alternativas para seguir em frente, e descobrir como será o mundo no pós-pandemia. 
Por causa disso, são raros os negócios que podem dizer, em 2020, que foram pouco ou nada afetados pelo vírus, e pela doença que ele causa, a covid-19. Em todo o Brasil, lojas têm de permanecer de portas fechadas, ou com movimento reduzido, seja por um controle de fluxo – um cliente de cada vez! –  ou simplesmente pela queda de pessoas na rua. O foco agora é sobreviver ao desafio. Mas é importante enxergar que proprietários de lojas não estão sozinhos. 
Logicamente, muitas preocupações surgem nesse momento. Não apenas na cabeça do proprietário, mas também da equipe. “Será que estamos movimentando receita suficiente para manter a equipe toda?”; ou “O que vai acontecer se tivermos de ficar tanto tempo sem funcionar?”; “Quando os clientes vão voltar?”. 
São muitas as incertezas, e diante disso, é necessário manter um mínimo de um cotidiano funcional. Então, como nos organizar para motivarmos não apenas nós mesmos, mas nossa equipe? 
Explique o que está acontecendo 
Como sua loja está se estruturando? Por exemplo, direcionamento de uma ou mais pessoas do atendimento para a gestão de estoque, para atender vendas online, escala de funcionários, entre outros. Essas mudanças devem ser apresentadas a toda a equipe. Avalie o uso de ferramentas de videoconferência para explicar a todos as mudanças.
Dê voz aos colaboradores, e evite centralizar o discurso: peça que o responsável por cada função explique como está trabalhando e quais as dificuldades. Provavelmente, todos terão de operar mudanças nesse momento e a noção de como funciona o “todo” da empresa fortalece o espírito de companheirismo.
 
Novas ferramentas, novos processos 
Utilizar aplicativos de videoconferência também pode ser uma prática nova para muitos funcionários. Por isso, uma coisa de cada vez, já que pessoas diferentes aprendem em ritmos diferentes e todos precisam de tempo para se adaptar. 
Todos estão passando por desafios dentro de casa, e pressões desnecessárias podem influenciar negativamente o ritmo, também, no trabalho. 
Outra ideia para aumentar o espírito de equipe é, justamente, criar uma “força-tarefa” para que aqueles que têm mais facilidade com novas plataformas digitais ensinem os outros. 
Ouça e incentive 
Qualquer pessoa tem a capacidade de se adaptar e aprender coisas novas. Está no DNA humano essa habilidade, por mais adverso que pareça o momento. 
Reuniões semanais nas quais todos possam contar um pouco de como está o dia-a-dia (principalmente aqueles que estão trabalhando 100% remotamente) é uma chance de entender melhor as habilidades de cada um, escutar ideias e, até mesmo, conhecer um pouco mais as pessoas que trabalham junto. 
É possível que pequenas alterações de função, e até de horário, aumentem a produtividade, e faça com que seu negócio ganhe mais ritmo. 
Assim como temos certeza de que esse período não está fácil, também estamos certos de que é possível superar! 
Atualize 
Comunique-se com os colaboradores de todas as formas possíveis. Envie e-mails periódicos informando o status das ações e resultados, com enfoque nos positivos, para incentivar todos a manter o ritmo, mas sem deixar de discutir os negativos, para que surjam novas soluções. 
Nas reuniões, incentive todos a informarem mudanças ocorridas – nesta pandemia, as coisas têm acontecido muito rapidamente, e de uma semana para outra um procedimento ou solução que funcionava pode não ser mais eficaz. 
Institua, também, um serviço de conteúdo sobre a situação da pandemia, para que todos da empresa saibam informações atualizadas. Pode ser um e-mail diário ou semanal com as principais notícias do mundo e do Brasil, por exemplo - você pode selecionar um colaborador mais voltado à área de comunicação para fazer isso. 
Crie um comitê de crise 
Deixe claro a seus colaboradores que a empresa entende institucionalmente essa pandemia. Para isso, crie um comitê temporário de crise, selecionando líderes em cada área, para que possam fazer reuniões periódicas para relatar status, apontar problemas e sugerir melhorias para a empresa e para os funcionários. 
O comitê poderá ficar responsável por várias ações sugeridas neste texto. Por exemplo, a de organizar miniaulas para quem ainda não sabe participar de videoconferências ou ficar responsável pela divulgação de notícias sobre a pandemia.

Post comments

Nenhum template encontrado para o módulo jxmegamenu